> PT   > EN

História

O Sal foi provavelmente, desde o princípio dos tempos, o primeiro mineral utilizado conscientemente pelo homem como suplemento alimentar. A crescente necessidade e preocupação do homem para manter os alimentos em bom estado levou-o a perceber que o uso do Sal, era um dos métodos.

A ligação do homem ao Sal está documentada desde 2.700 A.C. na China, os egípcios usavam o sal nos processos de mumificação, na Grécia antiga o Sal funcionava como moeda de troca e os soldados romanos recebiam rações de sal conhecidas por “salarium argentum”. A importância do Sal continuou e o “ouro branco”, como era conhecido foi também causa de guerras e conflitos.
 
 
Portugal, pelas sua condições naturais, geográficas e climatéricas, foi desde cedo um importante produtor de Sal e com forte contributo para os cofres do Reino. Em Portugal estavam identificadas 5 Salgados (conjuntos de salinas), Salgados de Aveiro, da Figueira da Foz, de Setúbal, de Alcácer do Sal e do Algarve.
 
Actualmente a região do Algarve é responsável pela grande maioria do Sal produzido em Portugal, nomeadamente nas regiões de Olhão, Tavira e Castro Marim.